Quatro por um sonho

ABC, Globo, América e Santa Cruz. Natal e Ceará-Mirim representarão o futebol potiguar no Campeonato Brasileiro. Cada uma das equipes vive um momento diferente na temporada, mas o objetivo é o mesmo para todas: alcançar as primeiras colocações e ascender nas divisões do futebol nacional. Para uns, seria um feito inédito, para outros, a reconquista de um espaço ocupado no passado, mas que tem ficado cada vez mais empoeirado na memória do torcedor com o passar dos anos.

Em cacos após eliminação da Copa do Nordeste e Copa do Brasil, além da perda do título estadual para seu maior rival, os alvinegros da capital entrarão em campo no domingo (28), para fazer sua estreia com o sonho de retomar o caminho das conquistas e retornar a Série B. A tarefa não é fácil, mas se qualificar o elenco, os alvinegros podem brigar pela classificação. O primeiro adversário será o Treze-PB, na cidade de Campina Grande.

A equipe da Grande Natal, por outro lado, nunca disputou a Segunda Divisão do Campeonato Brasileiro e sonha em consolidar um crescimento que tem sido construído nos últimos anos com um acesso histórico. Com uma participação discreta no Estadual desse ano, a jovem Águia de Ceará-Mirim não parece pronta para alçar voos mais altos na Série C de 2019. Se quiser contrariar os prognósticos, nada como uma vitória no duelo de estreia na Terceirona, contra o Confiança-SE, no Estádio Barretão, neste sábado (27).

Dos quatro representantes do RN, o América é o que entra com mais confiança na disputa do Brasileiro. Ainda que a situação financeira do clube não seja das melhores, os Alvirrubros vem embalados pelo título Estadual sobre o ABC. Não apenas isso, o time tem melhorado jogo após jogo desde a chegada do técnico Moacir Junior e ainda conta com Adriano Pardal e Max em boa fase para fazer lutar por uma campanha vitoriosa na Série D deste ano. Com uma semana de preparação para azeitar a equipe e deixar à disposição os reforços, o time deve entrar com força máxima contra o Serrano-PB, adversário de estreia, só acontece no próximo sábado (04), Paraíba.

O mais modesto dos representantes potiguares é o Santa Cruz, também da capital potiguar. Se em 2018 a equipe fez um campeonato estadual surpreendente e terminou na terceira colocação na classificação geral, este ano, o time escapou por apenas um ponto da queda para a Segunda Divisão com um aproveitamento de apenas 26,2%. Sem muita expectativa, o Santinha estreia um dia depois dos americanos, no domingo, contra o Floresta, na Arena das Dunas, em Natal.

Escalada

O sonho é retomar o crescimento e iniciar uma escalada nas divisões do Brasileiro move o América nesta edição da Série D. Rebaixado em 2016 e amargando dois anos na Quarta Divisão do futebol nacional, os rubros não querem nem pensar em passar mais uma temporada na borda do cenário futebolístico do país. Subir é questão de honra para renovar a autoestima do torcedor e dar esperança para novos dias de glória para o vermelho e branco da capital.

Para passar

Na atual temporada, após 29 jogos, o ABC venceu 14, empatou sete e saiu derrotado em oito oportunidades. O desempenho se reflete num aproveitamento de 56,3%. Se levado em conta os resultados das oito equipes classificadas para a fase de mata-mata e o Alvinegro mantiver o aproveitamento da temporada até aqui, o time deve garantir vaga na fase decisiva da disputa.

Cresceu, mas…

A Federação Norte-Riograndense de Futebol (FNF) divulgou dados apontando para o crescimento da presença do torcedor nas arquibancadas durante a disputa do Campeonato Estadual deste ano. Na frieza do percentual, o crescimento é 55,42% em relação ao ano anterior. Nos números absolutos, o avanço de 2018 para 2019 foi de 659 pagantes a mais, em média, por jogo. Ou seja, a média de público do Campeonato Potiguar deste ano foi de 1.848 pessoas em 59 jogos realizados.

… ainda assusta

E olhe que os números da edição deste ano apontam para a maior média de público pagante dos últimos 12 anos é a sétima da história do futebol no Rio Grande do Norte. Ou seja, ainda que tenha crescido, não há de fato o que comemorar. Os dados só deixam claro o quanto ainda se precisa trabalhar para tornar atrativa a competição aos torcedores, patrocinadores e até mesmo a emissoras de televisão. Caso, contrário, os clubes continuarão sofrendo para se manter financeiramente em função da baixa rentabilidade da competição estadual e a falta de calendário.

Punição

Que faaaase. O atacante brasileiro Neymar parece enfrentar um inferno astral daqueles e estará fora de metade da fase de grupos da Champions League de 2020. O jogador foi punido pela Uefa por ter criticado arbitragem após a eliminação do Paris Saint-Germain na Champions. Logo depois da derrota para o Manchester United, o brasileiro usou sua conta oficial no Instagram para reclamar do VAR. “Isso é uma vergonha!! Ainda colocam 4 caras que não entendem de futebol pra ficar olhando lance em câmera lenta… Isso não existe!!! Como o cara vai colocar a mão de costas? Ah vá pra pqp”, escreveu.

Giz no taco

Começou na sexta e vai até este domingo (28), em Natal, a Copa Brasil de Sinuca. A competição está sendo realizada na sede social do América Futebol Clube, no Tirol, e distribuirá R$ 15 mil em premiações. Além dos grandes nomes do esporte na atualidade, um dos destaques do evento é a presença de Rui Chapéu, maior nome da sinuca brasileira, considerado uma lenda viva do esporte. A Copa Brasil de Sinuca conta com 150 participantes de todo o país. Os ingressos estão sendo vendidos na hora e custam R$ 10. Cada bilhete dá direito a participação no sorteio de uma TV de 32 polegadas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s