Fim de festa

Festa para celebrar o título de campeão estadual do RN. Dirigentes e atletas confraternizaram durante a premiação e a entrega dos títulos individuais aos melhores da competição. Momento importante de valorização dos atletas e do futebol potiguar. Passada a festa pela taça e pelas honrarias concedidas pela Federação Norte-Riograndense de Futebol (FNF), a hora é de recomeçar.

Festa do Campeonato Potiguar premiou melhores jogadores da competição (Foto: Jocaff Souza / FNF )

Ora, mas o campeonato mal terminou e você já quer falar em recomeço? Sim, senhor. E diria que não é pressa. O pedido não é pelo apito inicial para a disputa dos primeiros 90 minutos da edição 2020 do Estadual. A intenção é que a competição comece a ser pensada, em todos os seus detalhes, de agora.

A média de público da competição, visivelmente, esteve longe do sonhado. Alguns jogos com testemunhas, não torcida. O próprio nível técnico da disputa não foi exatamente um primor, assim como, a própria presença de equipes na disputa estiveram ameaçadas pelas dificuldades financeiras enfrentadas pelas equipes, especialmente do interior do estado.

Emoção? Teve. Mas novamente, a disputa se resumiu a ABC e América – e uma terceira equipe, desta vez, o Potiguar de Mossoró. Nos últimos 10 anos, alvinegros e alvirrubros se revezaram nas conquistas e aprofundaram ainda mais a desigualdade em relação aos clubes do interior do Estado.

Os abecistas conquistaram cinco taças em 10, enquanto os americanos com o título de 2019, quatro. Os mossoroenses do Time Príncipe ainda quebaram a hegemonia dos clubes da capital em 2013. É verdade que em cinco dessas últimas 10 edições, uma equipe do interior foi vice-campeã, mas além de não conquistarem a taça, dificilmente conseguem uma dobradinha ou mesmo uma participação mais forte com outras equipes.

Pensar o estadual é sentar junto aos clubes e imaginar alternativas para o fortalecimento do futebol potiguar. É estimular a base organizada no interior do estado. As iniciativas precisam partir também dos clubes, mas sem dúvida, a Federação de Futebol do estado deve ser um catalisador. Uma força promotora do futebol potiguar como representante maior dos interesses do clube e do próprio esporte no estado.

A profissionalização do futebol do RN precisa ir além dos quatro meses de Estadual. Deve ser permanente, o ano inteiro, com garantia de calendário para as equipes, mas também de recursos para que a maior parte delas possa existir por mais tempo que o próprio Estadual do ano corrente.

Festejar, comemorar e celebrar os feitos são importantes. Mas a festa não pode se resumir a poucas horas, enquanto os clubes ao apito final do Campeonato Potiguar apagam a luz, um a um, e fecham a porta do futebol profissional por meses. É hora do fim da festa e do início do futebol em 2020.

Seleção

O América dominou a seleção do Campeonato Potiguar na 8ª Edição do Prêmio Craque Potiguar 2019. O evento é realizado pela Federação Norte-rio-grandense de Futebol. Os campeões americanos tiveram cinco jogadores na seleção. Wadson, goleiro (Globo); Ivan, lateral-direito (ABC); Maurício, zagueiro (ABC); Adriano Alves, zagueiro (América); Kaike, lateral-esquerdo (América); Felipe Guedes, volante (ABC); Leandro Melo, volante (América); Wilson, meia (Potiguar); Hiltinho, meia (América); Adriano Pardal, atacante (América); Jefinho, atacante (Potiguar). Técnico: Emanoel Sacramento (Potiguar).

Craque da galera

O prêmio de craque da galera ficou com o goleiro do ABC, Edson. A mobilização alvinegra na internet garantiu a eleição do Alvinegro. O arqueiro abcedista é, de fato, um excelente goleiro e têm ajudado à equipe em campo há algum tempo. Título bem entregue.

Musa do Santa Cruz de Natal, Samara Bezerra, foi campeã do concurso (Foto: Jocaff Souza / FNF )

Musa

A musa do Santa Cruz de Natal, Samara Bezerra (28 anos), foi vencedora do concurso “Musa do Futebol Potiguar 2019”. Ela desbancou as concorrentes dos outros sete clubes – ABC, América, Assu, Força e Luz, Globo, Palmeira e Potiguar. A musa do Santa Cruz foi eleita pela internet e conquistou vaga direta para a final. Na disputa com as musas do ABC, Raiana Fernandes, e do Potiguar, Sonally Soares, foi eleita pelos jurados, formado por jornalistas da mídia potiguar. Como prêmio, Samara recebeu a faixa de Musa do Futebol Potiguar e um cheque de R$ 3 mil.

Reforços liberados

O Departamento de Futebol do ABC confirmou a regularização dos dois últimos reforços anunciados para a sequência da temporada. Depois dos meias Anderson Rosa e Mossoró e do atacante Luan, agora foi a vez do lateral-direito Maicon e do atacante Hélio Paraíba ganharem condição de jogo. Maicon e Hélio Paraíba tiveram os nomes publicados no Boletim Informativo Diário da CBF (BID). Agora, todos os atletas estão liberados para atuar na Pré-Copa do Nordeste e Campeonato Brasileiro da Série C.

Desembarcando?

O lateral-esquerdo Hugo, do Jacioba-AL, e o volante Moreilândia, Fluminense de Feira, estão próximos de ser anunciados pelo América. O primeiro, inclusive, já está em Natal após ser escolhido melhor lateral-esquerdo do Campeonato Alagoano. O segundo foi finalista do Campeonato Baiano.

Foto de capa: Rafael Reis/Universidade do Esporte.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s